Como saber se o iPhone é original ou falso e não se deixar enganar

Como saber se o iPhone é original ou falso e não se deixar enganar

Como saber se o iPhone é original ou falso e não se deixar enganar

 

É possível saber se o iPhone é original ou falso de alguma forma. O proprietário pode verificar o IMEI (Identificação Internacional de Equipamento Móvel) ou visualizar o número de série no site da Apple. Além disso, existem aspectos físicos que ajudam a identificar se o dispositivo é original ou uma réplica. Entre eles, a tela, os ingressos e a logomarca.

Veja como saber se um iPhone é original ou não e não se deixe enganar.

Índice()

    Por IMEI e número de série

    O IMEI (acrônimo em inglês para A identidade da equipe móvel internacional) é um número de identificação exclusivo para cada telefone celular. Como se fosse um documento de identidade com validade internacional. Nenhum outro dispositivo no mundo terá um igual.

    O número de série é um código composto por letras e números que coleta informações sobre o dispositivo, como local e data de fabricação, modelo, entre outros. Em geral, pode ser encontrado nos mesmos locais que o IMEI.

    No iPhone original, esses dados estão disponíveis na caixa, no corpo do smartphone e por meio do sistema operacional.

    No caso do iPhone

    Reprodução / Apple

    O IMEI e o número de série estão ao lado do código de barras na caixa do dispositivo. Vá em frente, vai ser escrito IMEI ou IMEI / MEID (1) E (S) Número de série (2), seguido por uma sequência numérica ou alfanumérica. Essas strings devem ser iguais às mostradas nas consultas abaixo.

    Através do sistema

    Reprodução / Apple

    Para saber o IMEI pelo sistema, basta seguir o caminho Configurações → Geral → Sobre. Role a tela para baixo até encontrar o item IMEI / MEID mi Número de série.

    No próprio iPhone

    Cada iPhone tem o número IMEI registrado no próprio dispositivo. A localização varia de acordo com o modelo. Na maioria deles, ele está disponível na bandeja do SIM.

    Reprodução / Apple

    No iPhone 6, iPhone 6 Plus, iPhone SE (1ª geração), iPhone 5s, iPhone 5c e iPhone 5, o conteúdo é gravado na parte de trás do smartphone. Ele pode ser encontrado logo abaixo da palavra. iPhone.

    Reprodução / Apple

    Cabelo ID Apple

    Você pode acessar o site da Apple ID por meio de qualquer navegador da Internet. Basta inserir seus dados de login e, em seguida, rolar para baixo até a seção dispositivos. Clique na imagem do dispositivo no qual deseja descobrir o IMEI e uma janela se abrirá.

    Além do número, são exibidas informações como modelo, versão e número de série.

    Pelo teclado do celular

    Outra forma de descobrir o IMEI é digitando * # # 06 no teclado do dispositivo. As informações serão exibidas automaticamente na tela.

    Através do serviço Verifique a cobertura (Verifique a cobertura)

    A Apple tem um site onde o usuário pode verificar o status da garantia Apple e a elegibilidade para adquirir cobertura AppleCare adicional. Para fazer isso, você deve inserir o número de série do dispositivo.

    Se o iPhone não for original, o código não será reconhecido. Se tudo correr bem, é possível saber se a data de compra é válida e se o suporte técnico e a cobertura de reparos e serviços estão ativos.

    Sistema operacional e aplicativos instalados

    Todos os iPhones funcionam apenas no sistema iOS. Ou seja, se você ligar o aparelho e for Android, sem dúvida o aparelho é falso. No entanto, os falsificadores costumam usar dispositivos que imitam a aparência do software Apple.

    Nestes casos, vale a pena verificar se o celular possui aplicativos exclusivos, como App Store, navegador Safari, assistente de Siri, entre outros. Para se livrar das dúvidas, você pode verificar a versão do iOS nas configurações.

    Para fazer isso, siga o caminho Configurações → Geral → Atualização de software. Nele, o usuário é confrontado com a versão do sistema e informações sobre ele, como dispositivos compatíveis e novidades.

    Pela tela

    Este conselho é especialmente válido para quem compra um iPhone usado. Às vezes, o primeiro usuário pode danificar a tela e substituí-la por uma que não seja da Apple ou verificada pela empresa.

    Mas qual é o problema de usar um monitor o que não é original? “Monitores que não sejam da Apple podem causar problemas de compatibilidade e desempenho”, explica o fabricante. Isso pode significar erros no multitoque, aumento do consumo de bateria, toques involuntários, entre outros contratempos.

    Reprodução / Apple

    No iPhone 11 é possível verificar a origem através do sistema. Para fazer isso, basta seguir o caminho Configurações → Geral → Sobre.

    Se você ver Mensagem importante na tela. Não é possível verificar se este iPhone possui uma tela original da Apple, uma substituição original pode não ter sido aplicada.

    Outros aspectos físicos

    Alguns recursos do corpo do dispositivo podem indicar se o iPhone é original ou não. Portanto, se você está pensando em comprar um aparelho Apple, é importante que você conheça alguns detalhes.

    Entrada de raio

    Desde o iPhone 7, a Apple não usa os tradicionais conectores de fone de ouvido em seus smartphones, conhecidos como P2. Portanto, é possível utilizar apenas aqueles com conector do tipo lightning, o mesmo que permite recarregar o smartphone. Ou modelos sem fio, conectados via Bluetooth.

    Portanto, se você comprou um iPhone mais recente que possui um conector de fone de ouvido comum, o dispositivo não é original.

    Logotipo

    Todos os iPhones possuem o famoso logotipo da Apple localizado na parte traseira do dispositivo. No original, quando o usuário desliza o ícone, não percebe nenhuma diferença ou relevo em relação à superfície.

    Apesar de cada vez mais especializado, é difícil para os produtores de réplicas e falsificações reproduzir este tipo de impressão. Portanto, o resultado geralmente apresenta um gap entre a superfície e a imagem da Maçã.

    Fique ligado para mais detalhes

    Com o aparelho em mãos, é possível comparar sua aparência com a descrição feita no site da Apple. Confira detalhes como cores disponíveis para aquele modelo, posição de botões, câmeras e flashes, entre outros.

    A empresa ainda descreve o tipo de acabamento. Como "vidro texturizado fosco, com uma moldura de aço inoxidável ao redor da moldura", no caso do iPhone 11 Pro Max.

    Veja também a capacidade disponível para cada modelo. Se você oferece um iPhone X de 128GB, cuidado, afinal a série só tem opções com 64GB ou 256GB.

    O que um iPhone não tem

    Os IPhones não têm algumas funções comuns em smartphones de outras marcas. Os dispositivos Apple não possuem televisão digital ou antenas aparentes. Eles também não possuem gaveta para cartões de memória ou dual-sim.

    Atenção: modelos como iPhone XS, iPhone XS Max, iPhone XR ou posterior possuem dupla função de simulação. Apesar de ter espaço apenas para um chip, são utilizados um cartão nano-SIM e um cartão e-SIM, que é uma versão digital do chip.

    Cuidado com os preços muito baixos

    Parece um pouco óbvio, mas quando a oferta é boa demais para ser verdade, é importante suspeitar. Se você encontrar um iPhone por um preço muito baixo em uma loja específica em comparação com outros estabelecimentos confiáveis, desconfie.

    É importante notar que alguns dispositivos originais são geralmente vendidos por empresas sérias a preços mais baratos porque são exibidos ou reformados, também chamados de reformado. Em geral, as lojas relatam o motivo da redução do valor.

    Um iPhone vitrine, como o nome indica, está em exibição há algum tempo. Ou seja, não estava protegido no checkout e pode ter algumas marcações devido à interação do cliente ou funcionário.

    Um dispositivo recondicionado é aquele que, devido a algum problema, foi devolvido ao fabricante e as peças com problemas foram substituídas. A bateria e a traseira também são trocadas. Geralmente são vendidos com até 15% de desconto e têm as mesmas garantias de um smartphone novo.

    Como saber se meu iPhone foi recondicionado

    É possível saber através número do modelo. Para fazer isso, vá para Configurações → Sobre. Se o número do modelo começar com a letra METRO, isso significa que é novo. Se você começar com a letra F, Foi remodelado.

    Se acontecer de você ver a carta P, significa que foi personalizado. A carta norte indica que foi fornecido pela Apple para substituir um dispositivo com defeito.

    Deixar uma resposta

    Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    carregar

    Se você continuar usando este site, você aceita o uso de cookies. Mais informações